Herrerasaurus ischigualastensis

Dublin Core

Título

Herrerasaurus ischigualastensis
R$ 280,00

Assunto

Restos fossilizados de Herrerasaurus ischigualastensis Reig foram encontrados em rochas da Formação Ischigualasto, que datam do Período Triássico, 230 milhões de anos atrás. Seus fósseis foram primeiramente descobertos em 1958 pelo fazendeiro Victorino Herrera, na Província de San Juan, no noroeste da Argentina. Até 1988 apenas 3 esqueletos incompletos haviam sido encontrados, quando então outros fragmentos e um crânio foi descoberto.
Herrerasaurus é considerado um dos mais antigos dinossaurus. Suas afinidades filogenéticas são de difícil determinação devido às características morfológicas de seu esqueleto que apresentam feições primitivas, presentes nos arcossauros ancestrais, mas também feições derivadas, presentes nos dinossauros modernos.

Descrição

No tempo em que Herrerasaurus viveu, a parte superior do Período Triássico, a Terra era muito diferente da que conhecemos hoje. Os continentes estavam unidos em um único supercontinente chamado Pangea, onde predominava um clima quente e árido. As florestas eram compostas por cicas e samambaias, e não havia plantas com flores.
Juntamente com o Eoraptor, um pequeno dinossauro de mesma idade da Formação Ischigualasto, Herrerasaurus está entre os mais antigos dinossauros conhecidos. Sua aparência nos ajuda a imaginar como seriam os primeiros dinossauros.

Arquivos

DSC06196.JPG
Herrerasaurus.png

Coleção

Referência

“Herrerasaurus ischigualastensis,” Oficina de Réplicas, acesso em 28 de março de 2017, http://oficinadereplicas.igc.usp.br/items/show/41.

Relações entre os itens

This item has no relations.